Prematuros – 10 situações que podem levar à prematuridade

Todo bebê que nasce até a 37ª semana é considerado prematuro. O Brasil é o décimo país onde mais nascem bebês prematuros, o índice chega a 11,7% e é a principal causa de morte infantil no primeiro mês de vida, segundo o Ministério da Saúde.

Felizmente, a maioria dos bebês se desenvolve normalmente mesmo tendo nascido antes do tempo. Mas os cuidados precisam ser redobrados. O cérebro ainda está em fase de maturação, assim como os pulmões. Além disso, com a imunidade baixa, o bebê fica mais vulnerável.

prematuridadecausas

Aqui segue uma lista com 10 situações que podem causar a prematuridade, mas que, se forem tratadas e controladas, não representam risco grave:

  • Hipertensão – mesmo que você sempre tenha tido pressão normal, na gravidez ela pode se alterar. Portanto o acompanhamento constante com o médico é tão importante, pois se controlada, ela não representará risco e o bebê poderá nascer no tempo normal. O mesmo ocorre para o diabetes e problemas na tireoide.
  • Prematuridade Anterior – gestantes que já tiveram um partos prematuros anteriormente, tem mais chances de tê-lo novamente.
  • Malformação Fetal – as complicações advindas de uma malformação podem antecipar o parto.
  • Patologias do Útero – miomas, malformações uterinas, colo do útero curto e outros problemas no útero podem causar o parto prematuro.
  • Infecções Maternas – infecções urinárias ou qualquer outra infecção vaginal podem ser causas também.
  • Gestação de Múltiplos – depende da quantidade de bebês que estão sendo gerados, mas mesmo as de 2 bebês são interrompidas antes.
  • Idade Materna – tanto as gestantes que já passaram dos 35, como as gestantes adolescentes correm mais risco de ter um parto prematuro, por diferentes razões.
  • Alta Incidência de Cesarianas – muitas vezes o parto é agendado e existe uma margem de erro para a contagem da idade gestacional.
  • Posicionamento da Placenta – se não estiver posicionada na posição correta, podem ocorrer sangramentos e levar à um parto prematuro.
  • Diminuição do Líquido Amniótico – muitas vezes não se sabe ao certo a razão da diminuição do líquido, mas é fato que pode acarretar num parto prematuro.

laços

Fique atenta futura mamãe: um pré-natal de qualidade é a maior prova de amor que você pode dar ao seu bebê!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s