10 DICAS INCRÍVEIS DE COMO AJUDAR SEU FILHO A RECUPERAR O APETITE

Existem certos períodos que a gente acha que os pequenos não estão comendo tão bem como comiam, que o apetite diminuiu, não é verdade? E aí ficamos super preocupadas se está tudo certinho com a saúde deles e corremos para o pediatra! Vamos entender como funciona a questão do apetite nas crianças. Até os 6 meses de vida, o aleitamento materno exclusivo é a melhor opção para os bebês e normalmente eles tem bastante apetite. Dos 6 meses em diante os alimentos sólidos começam a ser introduzidos e é normal os bebês recusarem certos alimentos, afinal é um novo sabor, uma nova textura….devemos ter paciência e insistir. Se não comeu certo alimento hoje, sem problemas. Em alguns dias tente de novo!! Os bebês normalmente engordam bastante no primeiro ano de vida…de 7 à 10 kilos! Entre 1 e 5 anos as crianças ganham apenas de 2 à 3 kilos por ano…devem continuar provando de tudo, ainda não tem “preconceito” com relação à certos alimentos, porém já começam a ficar mais restritivos. De 5 anos em diante o apetite tende a aumentar, até porque eles são mais exigidos fisicamente, aumentando a necessidade de mais alimento. Mas…pode acontecer do seu filho apresentar falta de apetite em algum momento e isso pode te preocupar. A melhor coisa é conversar com o pediatra dele, mas selecionamos 10 dicas muito bacanas que podem ajudar até o dia da consulta…rsrsrs.

criança comendo

1.Deixe seu filho decidir a quantidade de alimentos que deseja. A quantidade que uma criança come é determinada pelo centro de apetite no cérebro, portanto comem a quantidade necessária para o crescimento e gastosConfie nisso!. A razão mais comum para algumas crianças aparentarem não sentir fome é que elas comem tantas guloseimas que nunca sentem realmente fome. Se seu filho sente sede no intervalo das refeições dê água para aliviar a sede dele. Deixe que sua criança fique uma ou duas refeições sem comer, caso deseje, então observe o retorno do apetite. Perder uma refeição é inofensivo.

2.Nunca dê comida a seu filho uma vez que se torne capaz de alimentar-se sozinho. Os pais de uma criança com pouco apetite tenderão a pegar a colher do filho, enchê-la, sorrir, e tentar fazer com que seu filho coma. Mas uma vez que já saiba usar uma colher (usualmente entre os 12 e 15 meses), deixe que ele mesmo se sirva pois sempre que estiver com fome irá alimentar-se. A alimentação forçada é a principal causa de brigas na hora das refeições.

3.Ofereça comidas na mão do seu filhoComece a oferecer alimentos na mão de seu filho aos 6 ou 8 meses de idade tais como: frutas, biscoitos, legumes…mesmo antes de ser capaz de usar uma colher.

4.Limite a ingestão de leiteLeite é importante, mas os nutrientes presentes nos outros alimentos também são. Leite é tão calórico quanto a maioria dos alimentos sólidos. Beber leite demais pode suprimir o apetite.

5.Sirva pequenas porções de alimento – menores do que aquelas que acha que seu filho irá comer. O apetite de seu filho é suprimido se for servido mais do que ele é capaz de comer. Se servir a seu filho uma pequena quantidade de alimento em um prato grande é mais provável que ele termine de comer e tenha um sentimento de cumprimento do dever. Se quiser mais comida, espere que peça.

6.Pense sobre a suplementação diária com vitaminas. Embora as vitaminas sejam provavelmente desnecessárias, elas não são prejudiciais nas doses habituais e pode diminuir suas preocupações com a alimentação de seu filho.

7.Torne o horário das refeições agradável. Atraia seu filho para conversas durante a refeição. Não transforme a hora das refeições em momentos de discussão.

8.Evite conversas sobre a alimentação. Não discuta a quantidade de alimentos que seu filho come enquanto ele estiver por perto. Confie no centro do apetite de seu filho, ele garantirá a quantidade necessária de nutrientes. As crianças devem ter prazer ao se alimentar.

9.Não prolongue o horário da refeição. Tenha uma rotina e siga-a. As refeições precisam ter horário para começar e acabar. Não force seu filho a se sentar à mesa após toda a família já ter se alimentado. Isto só irá causar o aparecimento de sentimentos negativos em relação a hora da alimentação.

10.Pratos coloridos e divertidos fazem a diferença. Claro, não é todo dia que você vai conseguir fazer uma carinha com cenourinhas, vagens cortadinhas sorrindo e tomatinhos cereja nos olhos do menininho no prato dele, mas de vez em quando é legal dar uma inovada na aparência. Ele vai se surpreender e achar muito divertido! Talvez até coma…rsrsrs…vale a pena tentar!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s