Você sabe como estimular a criatividade dos seus filhos?

Os pequenos, por si só, já possuem uma imaginação infinita. Eles mesmos conseguem demonstrar criatividade em diversas situações:

– brincando com um amigo imaginário;
– fazendo cabanas com os amiguinhos com os lençóis;
– transformando a vassoura em um cavalo, etc.

criatividade infantil

É na fase da infância que as crianças se desenvolvem psicologicamente, fisicamente e mentalmente. Por esse motivo é importante que os pais ajudem a desenvolver a criatividade dos seus filhos. Isso ajudará os pequenos a se tornarem adultos bem preparados, com habilidades para viver melhor em sociedade e capacidade para resolver seus próprios problemas.

E vocês, mamãe e papai, fazem algo para estimular a criatividade dos seus filhos?  Vejam abaixo algumas dicas para você trabalhar a criatividade dos pequenos:

1. Criatividade dos bebê

Os pais podem incentivar a criatividade dos bebês por meio de sons, cores, diálogos e movimentos que os ajudem na coordenação motora.

2. Criatividade das crianças

As crianças podem ter a criatividade delas estimuladas com brinquedos simples, como massinha de modelar, canetinhas de colorir, tintas, bolas, colas, etc. Qualquer tipo de brincadeira que estimule a criatividade é válida! Montar uma cabana na sala e brincar de “acampar” (com tudo o que um acampamento envolve), brincar de nave espacial, enfim, brincadeiras e imaginação é o que não faltam!!

3. A fase do “por que

Esta é uma excelente fase para trabalhar a criatividade dos seus filhos. Os pais podem aproveitar a fase do “por que” e fazerem com que os seus filhos respondam as suas próprias perguntas. Neste momento também é muito importante que o papai e a mamãe respondam a todas as perguntas dos pequenos sem críticas. Uma resposta simples e rápida, na maioria dos casos já é suficiente!

4. Folhas de papel em branco

Os papais e as mamães podem oferecer aos pequenos algumas folhas de papel em branco ao invés de álbuns de colorir. Assim eles podem exercitar a criatividade e melhorar o desenvolvimento infantil. O papai e a mamãe podem participar desse momento fazendo perguntas sobre o que a criança está desenhando e elogiar o desenho. Depois é possível o casal coloque o desenho da criança em um lugar onde todos os familiares possam ver e elogiar. Esta é uma forma dos pais de reconhecerem o esforço do seu filho.

5. Não se importe com a bagunça e a sujeira

Como ser criativo e brilhante se não pode fazer bagunça? kkkkk Uma vez ou outra, relaxe com a arrumação da casa e com a sujeira momentânea….vale a pena!!

Para saber mais a respeito do comportamento infantil continue lendo os artigos de nosso blog. E não se esqueça, se você precisar de roupas e acessórios para bebês, entre aqui na nossa loja virtual. Ou então, se preferir, acesse: www.cabidinho.com.br.

Anúncios

Roupas de bebê: Preze pelo conforto

roupas de bebêNa hora de escolher as roupas de bebê, o ideal é optar pela comodidade e pela praticidade. O mercado de roupas de bebê está cada vez mais cheio de novidades.

Existem diversas opções de tecidos, cores, botões, detalhes, etc. Mas, quando falamos em roupas de bebê, o que deve ser priorizado são o conforto e a praticidade das roupinhas.

O que os papais e as mamães devem se atentar nas roupas de bebê são aspectos como:

– Tipo de tecido: Deve-se dar preferência aos tecidos de algodão que são mais confortáveis para os bebês e causam menos alergias. As roupas de bebê de algodão são mais macias e deixam o bebê mais solto para fazer todos os movimentos.

– Botões: É muito importante que casal evite comprar roupas de bebê com botões. Isso porque pode machucar o pequeno. Se o casal tiver que escolher roupas de bebê com botão é preferível optar pelas roupinhas que tenham botão de pressão ou velcro. Isso ajudará a vestir o bebê com mais praticidade (o bebê troca de roupa diversas vezes durante o dia).

É importante também que o casal dê preferência para roupas de bebê com botões frontais, pois os botões nas costas da roupinha do bebê podem incomodá-lo e também são mais difíceis de fechar.

– Tamanho de roupa: O casal pode optar por tamanhos de roupas de bebê mais larguinhos. Isso ajudará o bebê a ficar mais confortável, sem nada apertando e também ajudará o casal na hora de trocar o bebê.

– Lave as roupas de bebê: O casal não deve vestir o bebê com uma peça de roupa que tenha acabado de ser comprada. É preciso lavar as roupas de bebê antes de usá-las. O casal poderá lavar as roupas de bebê com sabão neutro para evitar alergias ao bebê. Outro ponto importante é que o casal não deve misturar as roupas de bebê com as roupas de adultos.

– Como comprar roupas de bebê: Não existe uma regra específica para o casal comprar roupas de bebê. O papai e a mamãe devem comprar as peças de roupinhas que gostarem mais. Mas se puderem em um primeiro momento escolher roupinhas mais confortáveis é melhor escolher roupas de algodão pela praticidade e também para evitar alergias com tecidos acrílicos.

– Roupas de bebê práticas: As roupas de bebê que são mais práticas são os bodies e macacões. Bodies podem ser regatas, de manga curta ou longa. É sempre um coringa no armário dos pequenos. Esta é uma peça de roupinha que o seu bebê usará bastante. Existe macacão mais básico, para o bebê fica em casa e também o macacão mais sofisticado, que é mais utilizado para os passeios.

Quando o seu bebê estiver maior, você terá a oportunidade de explorar roupas de bebê com duas peças e outros tipos de tecido. É possível mais para frente optar por jeans, por exemplo, mais larguinhos. Assim seu bebê estará sempre bem vestido.

Na Cabidinho Store, temos roupinhas do tamanho RN ao 2! Coisas lindas!! Você pode conferir aqui. Ou então, se preferir, acesse: www.cabidinho.com.br.